Orientações e dicas

30/06/2016

Varizes na gravidez: como surgem e como resolver

Varizes na gravidez: como surgem e como resolver

Ter um bebê é ótimo. É difícil uma mulher que se descobre grávida e não se sinta feliz com isso. Quando a gravidez é desejada, então, saber que dali a nove meses se estará com o bebê nos braço gera um verdadeiro estado de êxtase. Começa-se a imaginar como será a vida partir de agora e o planejamento dos preparativos para a chegada do bebê. O corpo começa a se transformar para gerar uma nova vida e, no percurso, algumas surpresas surgem, nem sempre agradáveis. É muito comum gestantes terem varizes na gravidez.

Varizes são veias dilatadas que surgem nas pernas e podem causar dores, incômodos e inchaços. O aparecimento delas na gestação está relacionado à disfunção hormonal, ao aumento do peso e do volume do útero. Em boa parte dos casos, elas somem depois que o bebê nasce.

Alterações que propiciam o surgimento das varizes na gravidez

Na gravidez, o útero aumenta em 20 vezes o tamanho original. O abdômen maior causa mais pressão sobre a pelve e, consequentemente, sobre os vasos localizados na região que, por sua vez, geram sobrecarga nas veias das pernas. Paralelamente a isso, há mais sangue circulando no organismo feminino (o volume chega a ser 50% maior), mais progesterona sendo produzida e aumento do peso. Todas essas alterações contribuem para a dilatação das veias das pernas e para que as varizes surjam ou as já existentes aumentem.

É muito difícil as varizes na gravidez evoluírem para condições mais graves. O comum é provocarem inchaço, coceira ou dor. Qualquer sintoma diferente, como vermelhidão e sensibilidade na superfície das varizes, além de febre, precisa ser avaliado pelo obstetra que realiza o pré-natal ou diretamente pelo cirurgião vascular.

Solução está associada ao nascimento do bebê

Há medidas que podem amenizar ou prevenir o aparecimento das varizes na gravidez. Mas a solução definitiva só é possível após o nascimento do bebê. Três ou seis meses depois do parto as varizes desaparecem naturalmente em alguns casos. Neste período, a produção de hormônios se estabiliza e o corpo da mulher costuma voltar ao peso normal.

Alguns cuidados ajudam a prevenir as varizes na gravidez

O ganho ideal de peso durante a gestação das mulheres com Índice de Massa Corporal (IMC) dentro da faixa considerada adequada é de 1,6 quilos no primeiro trimestre e 400 gramas por semana nos segundo e terceiro trimestres, de acordo com a Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica (Abeso).

Evitar o ganho excessivo de peso, fazer exercícios e usar meias elásticas são as formas mais fáceis de prevenir as varizes. Antes de começar, porém, é preciso de orientação médica sobre quais atividades físicas são recomendadas para grávidas, como controlar o peso sem prejudicar o bebê em formação e como usar a meia corretamente para evitar complicações em decorrência da utilização inadequada do produto. Conversar com o obstetra e o cirurgião vascular a respeito é essencial para aproveitar a gestação sem grandes preocupações.

< Voltar

Você pode se interessar também por:

WhatsApp