Orientações e dicas

22/10/2017

Homem ou mulher: quem sofre mais com as varizes

Homem ou mulher: quem sofre mais com as varizes

Para compreender se é o homem ou a mulher quem sofre mais com as varizes, é preciso levar em conta que existem diferenças básicas entre os dois organismos que acabam pesando na maior ou menor incidência da enfermidade.

As varizes são veias assimétricas, dilatadas e insuficientes. Qualquer veia pode ficar varicosa. Contudo, é mais comum que elas ocorram nas pernas e nos pés, devido à quantidade de tempo em que ficamos em pé ou sentados, o que acaba ocasionando maior pressão nas veias da parte inferior do corpo.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), no Brasil, cerca de 35% da população sofre com as varizes. Estima-se que uma em cada cinco mulheres e um em cada 15 homens seja portador desse problema vascular.

Para saber quem sofre mais com as varizes, descubra como elas se formam

O sangue desce facilmente do coração até os membros inferiores, através das artérias. Mas precisa desenvolver um esforço significativamente maior para voltar até o coração. Esta tarefa de retorno venoso é executada pelas veias, por meio de válvulas que direcionam o sangue para cima. Em algumas pessoas, com o passar do tempo, vários fatores podem determinar ou provocar o funcionamento insuficiente destas válvulas, causando as varizes.

Homens com idades entre 30 e 40 anos sofrem mais com as varizes principalmente por fatores hereditários. Contudo, outros quesitos como obesidade, fumo e sedentarismo potencializam a incidência do problema. Assim como nas mulheres, os membros inferiores dos homens que sofrem com varizes ficam inchados e causam dores e desconfortos.

Nas mulheres, além da já comprovada maior incidência de varizes, os fatores que causam esse problema vascular também são maiores. Veja.

  • Alterações hormonais: a influência que o organismo feminino sofre com flutuações hormonais acaba determinando que quem sofre mais com as varizes são as mulheres. Além disso, a reposição hormonal, devido à menopausa, também aumenta a predisposição feminina a desenvolver o problema.
  • Pílulas anticoncepcionais: apontada como vilã no surgimento das varizes nas mulheres, a pílula anticoncepcional está influenciando menos na incidência de varizes, à medida que os medicamentos modernos surgem com dosagens menores de hormônios.
  • Gravidez: as varizes surgem durante a gravidez devido à pressão do útero em crescimento sobre as veias pélvicas e a veia cava inferior (uma grande veia da parte direita do corpo que recebe sangue dos membros inferiores e de boa parte dos órgãos pélvicos e abdominais).
  • Intestino preso: as mulheres têm maior predisposição a ter constipação intestinal devido ao ciclo menstrual, ao uso de anticoncepcionais e à maior retenção de líquido. Neste caso, a mulher faz mais força ao ir no banheiro, “prensando” o abdome e transmitindo contrações maiores para as veias dos membros inferiores, pressionando-as.

O tratamento para quem sofre mais com as varizes é basicamente igual para homens e mulheres. O procedimento mais comum é a remoção cirúrgica das veias comprometidas. Este tratamento é rápido e a recuperação em casa pode durar algumas semanas.

Por fim, saber que a mulher é quem sofre mais com as varizes não libera os homens de tomarem, também, todos os cuidados. É recomendável, para ambos os sexos, caminhar diariamente para estimular a circulação do sangue e o crescimento de novos vasos saudáveis.

< Voltar

Você pode se interessar também por:

WhatsApp