Orientações e dicas

Por: - Cirurgião vascular - CRM/DF 11.870
Publicado em 18/09/2019

Como funciona o diagnóstico de varizes com eco doppler colorido

Como funciona o diagnóstico de varizes com eco doppler colorido

O diagnóstico de doenças que afetam o sistema venoso e arterial envolve a realização de uma série de exames que visam analisar o funcionamento da circulação sanguínea do paciente. Dentre os exames solicitados, o eco doppler colorido é considerado um dos mais completos na área vascular, sendo utilizado como o principal exame para diagnosticar diversas complicações vasculares.

Ouça este conteúdo: 

 

O que é eco doppler colorido?

O eco doppler colorido é um exame que utiliza a ultrassonografia aliada à tecnologia de ponta para analisar veias, artérias e vasos capilares. O procedimento permite mostrar com clareza o padrão do fluxo sanguíneo a partir de imagens de alta qualidade, que auxiliam o médico responsável a realizar o correto diagnóstico de uma possível complicação vascular.

O grande diferencial do eco doppler colorido é a possibilidade de analisar a dinâmica do sangue no organismo, reunindo informações sobre velocidade, característica e volume. A imagem colorida pode mostrar com clareza a diferenciação entre veias – retratadas em azul – e artérias – retratadas em vermelho, o que não era possível no ultrassom convencional.

Com isso, é possível identificar trechos na circulação sanguínea que apresentam estreitamento, dilatações, malformações, alterações de velocidade de fluxo, dentre outras complicações, ao comparar áreas saudáveis com regiões doentes.

Como o exame é realizado?

O ultrassom com eco doppler colorido é realizado com o auxílio de um aparelho específico capaz de emitir ondas sonoras, que atingem o tecido e retornam como um eco, que por sua vez é convertido em imagens exibidas em um monitor. Assim, o médico responsável consegue analisar e interpretar as imagens transmitidas.

O procedimento é indolor, não invasivo e possui duração média de 30 minutos. Por se tratar de um exame considerado simples, não é necessário nenhum tipo de preparação prévia, salvo em casos que o médico recomenda o jejum antes do procedimento.

Para quem é indicado?

De maneira geral, o eco doppler colorido é indicado para pacientes de todas as idades, até mesmo para as crianças. O exame não possui restrição e é recomendado, inclusive, para pacientes gestantes  – sobretudo para medir o fluxo sanguíneo da mãe para o feto – uma vez que não é invasivo e não utiliza radiação.

O procedimento é aconselhado em casos de suspeita de alterações nos vasos sanguíneos, como estreitamento, dilatação ou oclusão, sendo recomendado para diagnosticar e avaliar as seguintes condições:

  • varizes;
  • trombose;
  • aneurisma;
  • estreitamento ou oclusão nas veias e artérias.

Quais os principais tipos de eco doppler colorido?

O exame pode ser recomendado para avaliar a circulação sanguínea em praticamente todas as regiões do corpo, sendo que os principais pedidos do exame são para avaliar:

  • vasos sanguíneos das pernas;
  • vasos sanguíneos da tireoide;
  • artéria renal;
  • carótidas;
  • aorta;
  • dentre outros.

Gostou do nosso conteúdo? Acompanhe as novidades da Vascular em nosso Facebook e Instagram e aproveite para conhecer os tratamentos que nossa clínica oferece.

< Voltar

Inscreva-se em nossa newsletter

Receba mais informações sobre cuidados para a saúde em seu e-mail.


Material escrito por:
Cirurgião vascular - CRM/DF 11.870

Formado em medicina pela Universidade Federal do Ceará, é especialista em Cirurgia Geral, Angiologia e Cirurgia Vascular e membro da Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular.

 

Você pode se interessar também por: