Orientações e dicas

Por: - Cirurgião vascular - CRM/DF 13.263
Publicado em 12/12/2019 - Atualizado 18/12/2019

Conheça os principais hábitos que ajudam a prevenir as varizes

Conheça os principais hábitos que ajudam a prevenir as varizes

Muitas vezes consideradas apenas um problema estético, as varizes indicam que a circulação do sangue venoso não está acontecendo da maneira adequada nos membros inferiores. Apesar de atingir cerca de 70% da população brasileira – em maior ou menor grau – alguns hábitos saudáveis podem ser suficientes para prevenir as varizes e evitar o aparecimento da condição durante toda a vida.

Ouça este conteúdo:

 

Muito além do desconforto estético, as veias varicosas representam um grande risco à saúde dos pacientes, caso não sejam tratadas adequadamente. Quando o quadro evolui, a obstrução das veias dos membros inferiores podem alterar todo o funcionamento do organismo e abrir espaço para doenças que podem, até mesmo, levar à óbito.

Quais são as principais complicações das varizes?

Nos estágios iniciais, as varizes provocam sintomas característicos, como dor, queimação e sensação de peso nas pernas. Contudo, se o paciente não buscar tratamento adequado, a obstrução das veias trazem complicações ainda mais graves. Conheça as principais:

  • Úlceras venosas: resultado do agravamento da insuficiência venosa crônica, as úlceras são feridas abertas que causam fortes dores e exigem tratamento e acompanhamento contínuo mesmo após a cura do problema.
  • Trombose: a trombose é causada por um trombo – ou coágulo sanguíneo – que impede a passagem do sangue. Quando o coágulo  se desprende da parede da veia, há o risco de ser conduzido pela corrente sanguínea até o pulmão, caracterizando a embolia pulmonar, uma condição potencialmente fatal.

Fatores imutáveis para as varizes

Por mais que as varizes sejam preveníveis, alguns fatores para o aparecimento do problema são imutáveis, ou seja, não temos controle sobre eles. Dessa forma, pacientes que apresentam tais fatores de risco devem redobrar ainda mais a atenção para garantir um diagnóstico e tratamento precoce. Saiba quais são eles:

  • Predisposição genética: pacientes com histórico familiar de varizes apresentam maiores chances de desenvolver o problema em alguma fase da vida.
  • Idade: à medida que nosso organismo envelhece, a capacidade das válvulas responsáveis por bombear o sangue de volta ao coração diminui, o que aumenta o risco de aparecimento das varizes.
  • Sexo: as mulheres são o principal grupo de risco para o desenvolvimento de varizes, uma vez que alterações hormonais, menstruação, gravidez e uso de pílulas anticoncepcionais diminuem a resistência dos vasos e comprometem o funcionamento das válvulas que regulam a passagem do sangue.

Mas afinal, como prevenir as varizes?

Embora existam fatores imutáveis, grande parte dos casos de varizes são decorrentes de hábitos de vida prejudiciais que comprometem a correta circulação sanguínea. Para reverter esse quadro, algumas medidas podem ajudar a prevenir as varizes e retardar ou até mesmo evitar o aparecimento do problema por toda a vida. Saiba o que você pode fazer!

Evite ficar muito tempo na mesma posição

Ficar sentado ou em pé na mesma posição por muito tempo aumenta a dificuldade das veias em bombear o sangue dos membros para o coração. Se você trabalha em pé ou sentado por longas horas, a recomendação é fazer uma pequena caminhada a cada duas horas e procurar contrair a panturrilha algumas vezes ao dia.

Mantenha uma dieta equilibrada

A alimentação adequada é fundamental para o correto funcionamento de todo o nosso organismo. Para prevenir as varizes, aposte em uma dieta rica em frutas, verduras e legumes e evite alimentos com alto teor de gordura, sal e açúcar, pois aumentam o risco de inflamações e enfraquecem a parede dos vasos.

Pratique atividade física

A prática de atividades físicas fortalece a musculatura da panturrilha, estimula o sistema circulatório como um todo e facilita o retorno do sangue ao coração. A dica é procurar uma atividade que seja prazerosa para que você possa inseri-la na sua rotina de maneira natural.

Procure manter o peso ideal

O excesso de peso representa uma sobrecarga para o sistema circulatório, já que exerce maior pressão sobre os vasos e dificulta o fluxo normal do sangue para o coração. Portanto, alie uma dieta equilibrada com a prática de exercícios físicos para manter-se no peso ideal.

Evite fumar

As substâncias presentes no cigarro tornam o sangue mais viscoso, o que dificulta a circulação e favorece seu acúmulo nas veias das pernas. Além de ajudar a prevenir as varizes, cortar o cigarro também contribui para o correto funcionamento de todo o organismo.

Gostou das nossas dicas? Aproveite para continuar navegando em nosso blog e confira mais conteúdos com dicas de saúde vascular!

< Voltar

Inscreva-se em nossa newsletter

Receba mais informações sobre cuidados para a saúde em seu e-mail.


Material escrito por:
Cirurgião vascular - CRM/DF 13.263

Formado em medicina pela Escola de Medicina da Santa Casa de Misericórdia de Vitória, é especialista em Angiologia e Cirurgia Vascular periférica, atua no atendimento de pacientes com patologias vasculares diversas. Dedica-se ao tratamento de varizes com laser, aplicações de espuma ecoguiada e ecografia vascular.

 

Você pode se interessar também por: