Orientações e dicas

Por: - Cirurgião vascular - CRM/DF 13.263
Publicado em 03/07/2019 - Atualizado 25/07/2019

Entenda o que é a escleroterapia ampliada

Entenda o que é a escleroterapia ampliada

A escleroterapia é um dos tratamentos mais utilizados para solucionar casos de varizes, sendo que existem diferentes tipos do procedimento, variando de acordo com o grau e tamanho das veias varicosas. Neste artigo, vamos falar sobre a escleroterapia ampliada, uma técnica utilizada para tratar diferentes tipos de varizes. Acompanhe!

Ouça este conteúdo: 

O que é escleroterapia ampliada?

A escleroterapia ampliada é um procedimento realizado com o objetivo de eliminar ou abrandar as varizes de pequeno calibre, denominadas microvarizes, e de médio calibre, que, geralmente, são as mais comuns. Como muitos pacientes sofrem com diferentes graus da doença, a técnica é muito indicada para eliminar o máximo de vasos varicosos possíveis, tanto pequenos quanto médios.
O procedimento é considerado muito eficaz e seguro, causando leve incômodo, mas com boa tolerância dos pacientes. A escleroterapia ampliada permite que o paciente volte à sua rotina normalmente logo após passar pelo tratamento, não sendo necessário repouso ou demais cuidados.

Como funciona? 

O procedimento é realizado com a aplicação de uma substância esclerosante, injetada diretamente nas varizes, que causa irritação no vaso e sua posterior eliminação. Existem diferentes formas de realizar a técnica . Conheça as principais!

  • Escleroterapia com substância líquida

O procedimento consiste na introdução de um medicamento líquido dentro da veia, por meio de uma seringa. O tipo de substância pode variar de acordo com a recomendação médica, mas todos os líquidos geram uma reação química na veia, fazendo-a endurecer, fibrosar e desaparecer, naturalmente.
Esse procedimento é mais indicado para as fases iniciais da doença, quando as varizes ainda estão finas e superficiais. Quando o medicamento é administrado de modo resfriado, chamamos o método de crioescleroterapia.

  • Escleroterapia com espuma

A escleroterapia com espuma é um dos métodos mais indicados para tratar varizes mais grossas e em estágios mais avançados. O cirurgião vascular utiliza o ultrassom para localizar, com precisão, a veia a ser tratada. Com o uso de uma seringa, aplica-se um medicamento que forma uma espuma.
O equipamento também permite ao profissional acompanhar o que acontece no interior da veia, durante a aplicação de espuma. Dentro do organismo, a substância se expande e adere às paredes do vaso sanguíneo doente, ocupando o espaço do sangue acumulado e provocando uma inflamação na veia. A ausência de sangue torna a veia inoperante e ela seca.

  • Escleroterapia com laser

Diferente do  realizado com a escleroterapia com espuma ou substância líquida, o procedimento a laser emite ondas de calor que provocam aumento da temperatura no interior da veia e causam uma reação inflamatória no local. Pacientes de pele negra ou muito bronzeada devem evitar este tipo de tratamento.

Qual a diferença entre escleroterapia ampliada e convencional?

A principal diferença é o tamanho das varizes tratadas em cada procedimento. Na escleroterapia ampliada, trata-se varizes de pequeno e médio porte, enquanto que a escleroterapia convencional não é capaz de eliminar vasos mais grossos, sendo indicada apenas para microvarizes. Além disso, utiliza-se maior volume de líquido esclerosante para que o tratamento seja eficaz. 
Gostou de saber mais sobre a escleroterapia ampliada? Acesse nosso site e conheça os todos os tratamentos que oferecemos para varizes!

< Voltar

Inscreva-se em nossa newsletter

Receba mais informações sobre cuidados para a saúde em seu e-mail.


Material escrito por:
Cirurgião vascular - CRM/DF 13.263

Formado em medicina pela Escola de Medicina da Santa Casa de Misericórdia de Vitória, é especialista em Angiologia e Cirurgia Vascular periférica, atua no atendimento de pacientes com patologias vasculares diversas. Dedica-se ao tratamento de varizes com laser, aplicações de espuma ecoguiada e ecografia vascular.

 

Você pode se interessar também por: