Orientações e dicas

21/08/2018

O que faz o médico angiologista?

O que faz o médico angiologista?

O médico angiologista é aquele que se especializa no tratamento clínico das doenças responsáveis por acometer vasos sanguíneos, como artérias e veias, e vasos linfáticos. No entanto, a especialização em angiologia necessita ser acompanhada do segmento de cirurgia vascular.

 

Isso porque o profissional angiologista não é autorizado a realizar procedimentos cirúrgicos e, assim, atua diretamente no tratamento de doenças enquanto não são submetidas à cirurgias.

A importância do diagnóstico do médico angiologista

Na maioria da vezes, as doenças vasculares ocorrem em estágios avançados, o que dificulta o controle e tratamento do problema. Por isso, a precocidade do diagnóstico influencia diretamente na qualidade do tratamento, que responde de maneira mais satisfatória o quanto antes for iniciado.

 

Por isso, a visão clínica do médico especializado em angiologia é fundamental para o diagnóstico precoce de doenças vasculares, antes dessas se manifestarem com seus respectivos quadros clínicos mais característicos de caráter mais complexo.

 

Dessa forma, o médico angiologista antecipa os eventuais riscos do desenvolvimento de patologias em seus pacientes. O especialista oferece um estudo clínico, assim como terapias de prevenção, prescrição de medicamentos e solicitação de exames destinados ao controle do agravamento de doenças vasculares.

 

A importância do angiologista é essencial também na prevenção da incidência de óbitos, assim como na diminuição do percentual das amputações em pacientes diabéticos e na reincidência de casos de trombose, além de diversos problemas do sistema circulatório.

Quais as funções do médico angiologista?

 

De uma maneira geral, o médico angiologista é responsável por atuar no estágio inicial de doenças vasculares a fim de prevenir traumas mais severos, que leve o paciente a passar por procedimentos cirúrgicos.

 

Além disso, o especialista acompanhará casos como linfangites, aneurismas arteriais, vasculites, tromboses profundas, entre outras patologias relacionadas às artérias, veias e linfáticos. Dentre outras funções do médico angiologista, encontram-se:

 

  • diagnóstico de doenças vasculares;
  • prevenção de ulcerações em membros acometidos pela trombose;
  • prevenção e tratamento de linfedema (acúmulo de linfa nos tecidos do corpo);
  • tratamento de embolia pulmonar;
  • prevenção de amputações em pacientes que sofrem de aterosclerose (acúmulo de colesterol, gorduras e outras substâncias nas paredes da artéria);

 

Quais técnicas o médico angiologista utiliza?

O especialista em Angiologia poderá utilizar diversas técnicas de diagnóstico para o tratamento de patologias, como:

  • eco doppler;
  • angiografia;
  • capilaroscopia;
  • esteira ergométrica.
  • Tomografias
  • Ressonâncias
  • Radiografias
  • Cintilografias

Qual a diferença entre o médico angiologista e o cirurgião vascular?

 

Tanto o angiologista, quando o cirurgião vascular tratam de doenças vasculares. No entanto, apenas o cirurgião vascular encontra-se apto a realizar intervenções cirúrgicas como:

 

 

O médico angiologista pode fazer alguma intervenção?

Algumas intervenções ambulatoriais pequenas, podem ser realizadas por angiologistas. No entanto, cirurgias que exijam internação só serão destinadas à aptidão dos cirurgiões vasculares. Isso acontece pelo fato de que a realização de cirurgias vasculares exigem uma formação direcionada para as técnicas operatórias, nas quais o angiologista não se encontra apto. Assim, algumas dessas intervenções são:

 

 

< Voltar

Você pode se interessar também por:

WhatsApp