Orientações e dicas

21/12/2016

Prós e contras da escleroterapia de varizes com espuma densa

Prós e contras da escleroterapia de varizes com espuma densa

A aplicação de espuma para eliminar as varizes grossas é bem mais simples que a cirurgia convencional, por isso, dependendo do caso, é a primeira recomendação dos cirurgiões vasculares para o tratamento das varizes. Antes de realizá-la, porém, é importante conhecer os prós e contras da escleroterapia de varizes com espuma densa, guiada por ultrassom.

Principais prós e contras da escleroterapia

As varizes não tratadas, muito mais do que comprometer a aparência, podem causar dor, evoluir e provocar o escurecimento das pernas, feridas e até trombose, colocando em risco a vida da paciente. O tratamento adequado pode impedir que as complicações ocorram e trazer outros benefícios à circulação sanguínea.

O uso da escleroterapia com espuma densa, guiada por ultrassom, é recomendado para os casos em que as varizes são de grosso calibre. Antes, a única forma de tratá-las era a cirurgia convencional. O procedimento exigia um tempo maior de recuperação e muito mais cuidados.

A paciente que realiza a escleroterapia é atendida no próprio consultório do cirurgião vascular, ou seja, não precisa permanecer internada em um hospital e não necessita de anestesia. Também não é preciso fazer repouso. O retorno às atividades básicas e diárias, como caminhar, ocorre logo após o procedimento.

Somente algumas varizes podem ser tratadas com a escleroterapia com espuma densa guiada por ultrassom. Há casos que são solucionados apenas com cirurgia. Para os que a indicação é o tratamento não cirúrgico, na consulta de avaliação clínica, o cirurgião vascular faz uma projeção de quantas sessões terão de ser feitas para tratar todas as varizes.

A pele da região em que são aplicadas as injeções contendo o medicamento, que forma uma espuma após ser agitado, pode ficar escura. Essas manchas somem em 90 dias, mas, em determinadas situações, pode ser preciso a assistência de um dermatologista para clarear a pele. Enquanto a pele estiver manchada, a orientação para a paciente é protegê-la da exposição solar.

Devido aos prós e contras da escleroterapia, o procedimento só deve ser realizado por um cirurgião vascular. O médico fará uma avaliação completa da saúde da paciente para efetuar o procedimento com segurança.

Mesmo depois de concluir todas as sessões, seguir as orientações do especialista e ter o problema solucionado, é preciso fazer consultas periódicas para acompanhamento da saúde das pernas, pois as varizes podem surgir em outras veias que estavam saudáveis até a época do tratamento. As idas regulares ao médico permitem que as varizes sejam tratadas já no início, sem contar que colaboram com a prevenção.

< Voltar

Você pode se interessar também por: